Sescoop/PB inicia planejamento de ações para 2021

Sescoop/PB inicia planejamento de ações para 2021

Chegou a hora de planejar as ações e projetos do cooperativismo paraibano para o próximo ano. Para construir o Plano de Trabalho 2021, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Paraíba (Sescoop/PB) enviou no início deste mês um ofício às cooperativas solicitando o levantamento de suas principais demandas e promoveu, nesta quinta-feira (17), sua reunião anual de Planejamento Estratégico.

Realizado por meio de webconferência, o evento contou com 43 participantes, entre eles o presidente do Sistema OCB/PB, André Pacelli, o superintendente Pedro D’Albuquerque, conselheiros do Sistema, além de dirigentes e gestores de várias cooperativas. O presidente do Sistema falou sobre as mudanças que alteraram as atividades programadas para 2020 e as expectativas para o próximo ano.

“Estamos passando por algumas mudanças. Tivemos que reprogramar todos os eventos presenciais previstos para este ano e esperamos que ano que vem a gente possa estar junto. Agradeço a todos pela participação e empenho em contribuir para que o cooperativismo paraibano se torne cada vez mais forte e pujante”, afirmou o presidente.

Em seguida, o gerente de Planejamento do Sistema OCB, Fábio Estorti de Castro, apresentou o Mapa Estratégico e a versão atualizada do Plano Estratégico do Sistema para o período 2021-2023. A gerente de Desenvolvimento de Cooperativas, Ana Margarida, ressaltou a importância das cooperativas observarem o diagnóstico dos programas de Monitoramento para identificar as necessidades que podem ser atendidas pelo Sescoop nas suas áreas de atuação (Formação Profissional, Monitoramento e Promoção Social).

O analista de Operações do Sescoop/PB, Nickson Nunes, apresentou a planilha enviada às cooperativas e orientou sobre o preenchimento e prazo de entrega das devolutivas. Segundo ele, as cooperativas têm até o dia 25 de setembro para apresentarem a planilha com suas demandas ao Sescoop/PB. As informações serão analisadas internamente e inseridas no Plano de Trabalho 2021, que será enviado à unidade nacional para validação, no mês de outubro.